SUSTENTABILIDADE FIAT

SUSTENTABILIDADE
Na Fiat Automóveis, a sustentabilidade é um processo de melhoria contínua, essencial para a perenidade da empresa ao equilibrar as oportunidades de negócios, as necessidades atuais da sociedade e o bem-estar das gerações futuras. Ao longo dos anos, a nossa estratégia de sustentabilidade deu origem a uma série de programas, em um sistema de governança corporativa que abrange:

Produtos cada vez mais seguros, eficientes, com menos emissões de CO2 e crescente capacidade de reciclagem e reutilização dos componentes no fim do ciclo de vida.
Fábricas com processos voltados para a contínua prevenção e redução do impacto ambiental e otimização do consumo de recursos naturais.
Rede de concessionário e fornecedores engajados com os conceitos e práticas de sustentabilidade do Grupo Fiat.
Relacionamento com a comunidade baseado no estímulo ao desenvolvimento local e no reforço da cidadania por meio da execução de projetos planejados e monitorados.
Recursos humanos com oportunidades de desenvolvimento dos empregados, de forma a garantir o bem-estar, a saúde e segurança no trabalho, com a disseminação da sustentabilidade como uma prática coletiva, mas que exige responsabilidade individual.
Comitê de Sustentabilidade com a participação de empregados de diferentes áreas e níveis, para interação e discussão de assuntos diversos na busca de decisões compartilhadas, como a definição de metas e indicadores de sustentabilidade que orientam o trabalho da empresa no enfrentamento de desafios do setor automobilístico e da própria indústria.
O objetivo para a sustentabilidade está inserido no mapa estratégio da empresa e envolve todos os empregados, que compartilham esse princípio como forma de fazer negócios.

Como consequência da evolução consistente das políticas voltadas para a sustentabilidade, a Fiat SpA foi confirmada pelo quinto ano consecutivo nos índices Mundial e Europeu da Dow Jones (DJSI). Para sermos incluídos na lista, passamos por um rigoroso processo seletivo que analisa dados econômicos, desempenho ambiental e social, governança corporativa, gestão de risco, mitigação da mudança climática e práticas trabalhistas